Carnaval em SP 2020: Dicas para você curtir o melhor dos blocos de rua

Notícias

Vida Live
Vida Live

Vai curtir os blocos do Carnaval de rua em São Paulo e não sabe por onde começar? Relaxa! Aqui, você encontra dicas de transporte, os principais circuitos e outras informações importantes para que você não perca nada da festa.

QUANDO ROLA O CARNAVAL

O Carnaval de São Paulo começa antes da hora! Os blocos começam a ensaiar em lugares fechados por volta de dezembro – janeiro e fevereiro têm muitas, muitas festas para esquentar pro Carnaval! Mas a festa na rua mesmo começa no pré-Carnaval, ou seja, um fim de semana antes da folia oficial.

O Carnaval paulistano é tão bom que pré-Carnaval e os quatro dias de Carnaval são pouco. Por isso, os blocos também saem às ruas um fim de semana depois, no pós-Carnaval.

PÚBLICO E BLOCOS

Em 2019, São Paulo teve cerca de 9 milhões de foliões nas ruas. Muita gente, né? Mas a boa notícia é que São Paulo é tão grande e são tantos blocos que você pode escolher o seu tipo de festa – das mais cheias às mais tranquilas.

Na cidade, cerca de 500 blocos fazem 550 desfiles, aproximadamente. Então, relaxa que você vai encontrar o bloquinho ideal para você.

Veja também:
– Agenda de Blocos SP: confira datas e horários dos Blocos de Carnaval de Rua de São Paulo
– Lista de Blocos SP: confira a relação com todos os Blocos de Carnaval de Rua São Paulo

CIRCUITOS

A ideia da prefeitura de São Paulo é espalhar o Carnaval pela cidade toda. Mas os megablocos, que reúnem de 20 mil a 100 mil pessoas, ficam concentrados nas principais avenidas das regiões: no centro (são blocos como Acadêmicos do Baixo Augusta, Tarado Ni Você e Explode Coração), na zona sul (Monobloco, Bicho Maluco Beleza com Alceu Valença, Vumbora com Bell Marques…) e na zona oeste (Agrada Gregos, Largadinho com Claudia Leitte, etc.).

TRANSPORTE

Todo mundo já deve saber, mas não custa repetir: deixe o carro em casa no Carnaval! 

As melhores opções são os transportes públicos: ônibus, trem e metrô – mas, caso o bloco passe muito perto da estação, confira se a estação estará aberta. Caso não esteja, vale descer em uma estação próxima e ir andando.

Táxis por aplicativos também são boa opção. Mas lembre-se de chamar o carro já longe da muvuca. Ao chegar, também é melhor descer um pouco longe, para evitar o trânsito, e ir caminhando.