Os melhores blocos LGBT+ para você curtir no Carnaval e no pós-Carnaval

Notícias

Vida Live
Vida Live

Neste ano, vários blocos LGBT+ desfilarão pelas ruas da cidade, levando muito amor e ainda mais diversidade para SP.

Veja também:
Agenda de Blocos SP: confira datas e horários dos Blocos de Carnaval de Rua de São Paulo
Lista de Blocos SP:  confira a relação com todos os Blocos de Carnaval de Rua São Paulo

Blocos de Rua preparou uma lista com os blocos LGBT+ que vão arrasar e levar muito brilho e purpurina para todos os foliões neste Carnaval:

 

Minhoqueens – 25/2 – 15h

O bloco certo para quem é LGBT + e para mulheres que não querem passar sufoco com heteros invasivos, o Minhoqueens é muito respeitoso e engraçado. O bloco nasceu em 2015 e desfilou em 2016, reunindo debaixo do minhocão muito gente, muito gliitter e amor. Em sua playlist consta muito pop, funk, drag hits e um pouco de brasilidades também. O desfile com mais drags montadas cheio de alegria e animação pra ninguém perder o ritmo.
Local: Largo do Arouche

 

Tarado Ni Você – 25/2 – 11h


Desde o Carnaval de 2014 nas ruas de São Paulo, o bloco Tarado Ni Você nasce da ideia de reviver o Carnaval de marchinhas, explorando a ampla discografia do grande Caetano Veloso, afim de promover um transe coletivo com as canções do artista. Um bloco que homenageia o grande cantor e toda sua obra.
Local: Av. São João x Av. Ipiranga

 

Agrada Gregros – 25/2 – 16h


Graças a Zeus, é Carnaval! Agradando a gregos, troianos, deuses, deusas e aos reles mortais, vai ter muito pop, axé, funk, bagaceira e sertanejo. A balada com os sons mais diversos é a céu aberto e 100% jovem e LGBT+ friendly. Respeito é fundamental e todxs estão covidadxs a participar dessa enorme festa cheia de amor, feita para dançar até não conseguir mais.
Local: Rua Treze de Maio, 1450

 

Domingo Ela Não Vai – 26/2 – 14h

Com a presença da rainha Gretechen,, o Domingo Ela Não Vai comemora mais um Carnaval paulistano. Criado e 2015, o cortejo é dedicado ao melhor do axé dos anos 1990 e leva muita energia e animação por onde passa. O bloco contará ainda com a banda Domingo Ela Não Vai, liderada pelo cantor pernambucano Paulo Neto, que vai apresentar ao vivo os maiores hits do axé anos 90. A musa Candy Mel, vocalista da Banda Uó, e os DJs Leandro Pardí (da Pardieiro, a Festa), Arrigo Araújo (da Balada das +Lindas), Bruno Legítimo (da Megazord) e Thy San, da festa Rosa Bonheur (Paris) completam esse time!
Local: Praça do Correio – Vale do Anhangabaú

 

Meu santo é pop – 27/2, às 12h (dentro do Lovefest), e 4/mar, às 14h


Três amigos jovens achavam que na época do Carnaval São Paulo ficava muito sem música pop. Por que não mudar isso? Por que fazer um bloco de rua, que é para todo mundo, tem que ser um custo grande para os idealizadores? Eles apostaram na ideia, abriram uma conta em um portal de financiamento coletivo e foram sem medo. Deu certo. O bloco recusa marchinhas tradicionais em prol de de hits pop e se orgulha do títulon “Primeiro bloco pop de São Paulo”. Uma festa que não para e não deixa ninguém cair do salto.
Local 27/2: Praça da República
Local: 4/3: Rua Augusta com Antônia de Queirós

 

Siga bem caminhoneira – 5/3 


Bloco de rua voltado para mulheres lésbicas e bissexuais. Brincando com os estereótipos da mulher lésbica e com muita malemolência, vai ter muita música boa, crushs e risadas. Um desfile sensacional!
Local: Rua Treze de Maio, 886 – Bela Vista

 

Siriricando – 4/3 – 15h


“Siriricar é muito mais que só prazer. Siriricar sozinha ou acompanhada é afirmar nossa liberdade, é assumir nossa sexualidade, é exercer nossa libido sem culpa e sem vergonha… Que as asas possam levar as xoxotas para lugares longe do assédio, do preconceito e do medo, um lugar de prazer único onde todas as xoxotas possam se amar e siriricar com a alegria maravilhosa que o Carnaval proporciona”.  É dessa forma que a organização introduz o Siriricando, um bloco para mulheres que amam mulheres, deixando a festa do Carnaval com um prazer tão gostoso quanto o de uma (ops!) siririca.
Local: Rua Martiniano de Carvalho, 280

 

Bloco Confete Maravilha – 4/3 – 15h


Uma homenagem à rainha apátrida do Brasil: Elke Maravilha. Uma verdadeira carta de amor, é um cortejo que fala sobre respeito, exuberância, cheio paixão e perfume. Uma celebração com Confete Maravilha.
Local: Avenida São João

 

Bloco do Sai, Hetero  – 27/2, às 12h (dentro do Lovefest), e 4/3, às 16h


Um bloco cheio de babados e muita lacração, o Bloco do Sai, Hetero promove uma grande folia repleta de divas pop e muito funk. Heterossexuais também são mais do que bem-vindos nessa festa. Ahaze nessa folia com seu boy Magia, sua gata manhosa ou sua gata pintosa.
Local 27/2: Praça da República
Local: 4/3: Rua Visconde de Parnaíba , 1253