Pinheiros tem Toca um Samba Aí, João Capota na Alves, Bastardo e mais!

Notícias

Amstel Carnaval 2020
Amstel Carnaval 2020

Pinheiros é uma das regiões mais animadas com blocos de rua durante o Carnaval de São Paulo. É tanto bloco que escolher um pode ser uma tarefa bem difícil. Mas calma: separamos aqui uma lista dos melhores blocos da região para que você já vá montando sua programação e não perca o melhor da folia.

Veja também:
Agenda de Blocos SP: confira datas e horários dos Blocos de Carnaval de Rua de São Paulo
Lista de Blocos SP:  confira a relação com todos os Blocos de Carnaval de Rua São Paulo

Arrianu Susassunga

O nome do bloco Arrianu Suassunga é um trocadilho com o nome do romancista paraibano Ariano Suassuna. Misturando maracatu com outros ritmos tradicionais brasileiros, o bloco promete animar o Carnaval em Pinheiros. Saiba mais sobre o Bloco Arrianu Susassunga.

Bastardo

Criado em 2013, o bloco Bastardo ganhou esse nome a partir da ideia de que a rua não tem pais e, portanto, é de todo mundo. Formado por ex-integrantes do bloco Vai Quem Qué, o Bastardo anima os foliões com marchinhas. Saiba mais sobre o Bloco Bartardo.

Gambiarra

A festa Gambiarra é muito conhecida pelo pessoal do audiovisual, comunicação e teatro, mas também atrai gente de todos os tipos. A Gambiarra vai trocar as casas noturnas pelas ruas da cidade em mais um ano do seu bloco. Saiba mais sobre o Bloco Gambiarra.

João Capota na Alves

O bloco João Capota na Alves foi criado em 2008 por um grupo de estudantes. O nome do bloco é uma homenagem às ruas João Moura, Capote Valente e Alves Guimarães, onde moravam os criadores da agremiação. O João Capota, como é chamado carinhosamente por foliões, apresenta todo ano uma nova marchinha autoral e tem como foco a fantasia e a diversão, buscando o resgate da tradição popular do Carnaval de Rua Paulistano e a valorização do uso do espaço público. Saiba mais sobre o Bloco João Capota na Alves.

Jegue Elétrico

O bloco Jegue Elétrico te convida para rir de fatos: as marchinhas, todas autorais, fazem sátira de notícias, catástrofes, lorotas e afins. Criado pelo músico Emerson Boy, o bloquinho costuma desfilar em vários dias do Carnaval. Saiba mais sobre o Bloco Jegue Elétrico.

Não Serve Mestre

O Bloco Não Serve Mestre foi formado por um grupo de amigos, movido pela alegria, a paixão e o respeito pela música. O objetivo do bloco é resgatar a inocência e a felicidade dos antigos carnavais de rua. Hoje a Bateria tem a regência do Mestre Paulinho Saviani (Esse serve) e conta com 80 ritmistas. No repertório tem de tudo: Pop/Rock, Marchinhas, Forró, Baião, Funk/Soul Brasileiro, Samba/Rock e claro muito Samba. Saiba mais sobre o Bloco Não Serve Mestre.

Ritaleena

Se você está procurando um bloco bem rock’n’roll mas sem perder a vibe brasileira e de Carnaval, o Ritaleena é a escolha perfeita. Homenageando a roqueira mais pauleira e paulistana, o bloco leva os grandes sucessos de Rita Lee para as ruas em ritmo de marchinha, reunindo as ovelhas negras da família com perucas vermelhas e óculos redondos. Saiba mais sobre o Bloco Ritaleena.

Toca um Samba Aí

O grupo Inimigos da HP comanda o bloco Toca Um Samba Aí, mesmo nome de um dos seus maiores sucessos.  Com 16 anos de carreira, a banda promete um repertório eclético e permeado de suas músicas mais conhecidas, além de grandes grandes hits da música brasileira em ritmo de samba. Saiba mais sobre o Bloco Toca Um Samba Aí.