Carnaval em Perdizes: Confira os melhores bloquinhos do bairro

Notícias

Vida Live
Vida Live

Ahhhhh, as ladeiras de Perdizes! É muito mais fácil subir e descer quando você está seguindo um bloco, não é mesmo?! Confira aqui os principais bloquinhos que desfilam em Perdizes e vá se preparando para o Carnaval!

Achados in Perdizes

O Bloco Achados In Perdizes foi criado em 2018, a partir do encontro de vizinhos e amigos da região de Perdizes e adjacências. No repertório tem pop, tem rock, tem cumbia e axé, maracatu e marchinha, sucessos de hoje e de ontem, aqueles refrões que você esqueceu que sabia e que dão vontade de cantar a plenos pulmões. Saiba mais sobre o bloco Achado in Perdizes.

Gente Miúda

O Bloquinho Gente Miúda foi criado em 2016 e idealizado pela cantora Kel Figueiredo. O público-alvo é a criançada, com um desfile que mistura músicas infantis e ritmos de Carnaval. Em São Paulo, destaca-se como um dos maiores blocos de rua voltado para as crianças. Saiba mais sobre o Bloquinho Gente Miúda.

Veja também:
Agenda de Blocos SP: confira datas e horários dos Blocos de Carnaval de Rua de São Paulo
Lista de Blocos SP: confira a relação com todos os Blocos de Carnaval de Rua São Paulo

Siga La Pelota

São Paulo não tem praia, mas tem clima de litoral com o bloco Siga La Pelota! Vista seu traje de banho, pegue um coco gelado e cante com a banda os hits mais marítimos e surreais. Brasilidades que vão de Mutantes a Tchakabum, de Tim Maia a Olodum. Saiba mais sobre o bloco Siga La Pelota.

Mamãe Eu Quero

Criado em 2015 com o objetivo de proporcionar aos pequenos foliões paulistanos a alegria de participar do Carnaval de rua com segurança, o bloco incentiva o gosto pela fantasia, a descoberta da música brasileira e favorece as brincadeiras entre as famílias. Saiba mais sobre o bloco Mamãe Eu Quero.

Unidos Venceremos

O Bloco Unidos Venceremos foi criado em meados de 2005 por um grupo de jovens interessados em promover o estudo e o resgate de ritmos brasileiros e afro-brasileiros como o samba, o ijexá, o samba-reggae e o funk. Com o passar do tempo, este grupo de estudos passou a incorporar novos integrantes e desenvolver símbolos próprios – bandeiras, estandarte, nosso mascote Elefantástico, bonecões do Adoniran Barbosa e da Pafunça (personagem criada pelo Adoniran), figurinos, entre outras alegorias. Saiba mais sobre o bloco Unidos Venceremos.

Bloco Madalena

O Bloco Madalena surgiu a partir da iniciativa da cantora, compositora e produtora cultural Patrícia Secchis. Patrícia foi a pioneira em trazer as primeiras apresentações do estilo axé para a Vila Madalena, cantou no carnaval de salvador, já dividiu palco com Ivete Sangalo e correu micaretas por todo Brasil. A ideia foi formar um bloco contemporâneo que respeite as limitações urbanísticas da cidade e que divulgue a alegria e o bom comportamento. Saiba mais sobre o Bloco Madalena.

Abacaxi de Irará

O Abacaxi de Irará veio para unir os fãs do cantor e compositor Tom Zé durante o Carnaval! Na bateria, estão músicos amadores e profissionais que celebram as canções do ícone brasileiro em versões carnavalescas. Saiba mais sobre o bloco Abacaxi de Irará. Saiba mais sobre o bloco Abacaxi de Irará.