Diversidade no Carnaval: confira os blocos de rua LGBT de Brasília

Notícias

Vida Live
Vida Live

Carnaval é a festa de todo mundo! Por isso, Brasília faz bonito no feriado e tem blocos que abraçam a diversidade. Em 2020, são mais de 30 blocos LGBTQIA+ que integram a programação oficial da cidade entre o pré e o pós-Carnaval.

Atendendo a um público de cerca de 200 mil pessoas, o projeto “Carnaval de todas as cores” é um dos responsáveis pelo aumento e pela visibilidade dos blocos durante o Carnaval. A iniciativa é do coletivo Fora do Armário, que conseguiu uma verba do governo para atender aos desfiles de 20 blocos que fazem parte do grupo.

Confira aqui alguns dos principais blocos LGBT de Brasília e se jogue!

Bloco das Montadas

Um dos maiores blocos LGBT de Brasília, o Bloco das Montadas celebra as artistas drag queens de Brasília. Apesar de novo – o primeiro desfile aconteceu em 2018 -, o bloco organizado pelo Distrito Drag já reuniu mais de 15 mil foliões durante o Carnaval.

As Leis de Gaga

Little Monsters, esse momento é de vocês! O bloco As Leis de Gaga leva fãs das divas do pop para as ruas durante o Carnaval.

Bloco do Amor

O Bloco do Amor foi criado para mostrar que existe amor em Brasília, sim! Com muita animação, coreografias, purpurina e envolvimento, chegou a hora de se declarar para o Carnaval brasiliense.

Vai Que Cola

Contra o machismo, contra o assédio e contra todos os tipos de preconceito, o bloco Vai Que Cola leva a mensagem de respeito e conscientização para o Carnaval.

Essa Boquinha Eu Já Beijei

Levando a bandeira do Orgulho LGBT para as ruas de Brasília, o bloco Essa Boquinha luta conta o preconceito não só no Carnaval, mas também durante o resto do ano.

Led’s Go Gay

Taca brilho nesse Carnaval! O bloco Led’s Go Gay celebra a liberdade do corpo com muita luz, cores, glitter na cara e fantasias ousadas.

Quem Chupou Vai Chupar Mais

O bloco celebra a diversidade ao som dos melhores hits do Carnaval! O axé retrô marca presença com bandas ao vivo e muita festa.

Rainhas do Babado

As Rainhas do Babado são um coletivo musical feminista que transformou sua festa em bloco na rua pela primeira vez em 2019. Cantando pela resistência ao som de anarcofunk, elas brilham ainda mais no Carnaval.

Rebu

A festa Rebu, voltada para as mulheres lésbicas, bissexuais e trans, não fica de fora do Carnaval brasiliense. Com banda ao vivo e DJs, Rebu também virou bloco de rua e garante a festa de todas as tribos do brejo.

Sereias Tropicanas

As Sereias Tropicanas são os seres mitológicos mais coloridos do Carnaval de Brasília! O respeito é regra e o close é certo.

Vai Com as Profanas

Tropical, ativista e feminista, o bloco Vai Com as Profanas foi fundado pelas festas Mimosa e Conspiração Libertina para levar resistência em forma de festa para o Carnaval de rua.

Vai Virado Viado

Carnaval eletrônico e gay é com o bloco Vai Virado Viado! Com a tradição de começar sempre no fim da madrugada e estender pela manhã, a festa rola para quem quer que o Carnaval nunca acabe.

LGBTS Folia 

Com shows e DJs, o Carnaval do LGBTS Folia é um dos mais antigos que celebram a diversidade em Brasília. Além da capital, o bloco também leva sua festa para outras cidades durante o Carnaval.